JOAQUIM MARQUES (Joaquim Marques Rodrigues)

Nasceu em 11/1/1949 no Monte do Arneiro onde frequentou a escola primária

Frequentou o curso industrial em Castelo Branco e o Complementar no Seixal. Posteriormente como trabalhador estudante o Instituto Piaget, o Instituto Superior Técnico e a Universidade Aberta. onde obteve o grau de Mestre em Relações Interculturais

Lecionou nos vários níveis de ensino desde o pré-escolar ao politécnico o que o levou a participar e/ou coordenar vários projetos no âmbito da atividade docente (Nónio, Bibliotecas Escolares, Ciência Viva, Jornal Escolar, Eco Escolas e Coménius) e na área da cooperação internacional e educação multi/intercultural (Brasil, Cabo Verde, Finlândia, País de Gales).

Colaborou ativamente no movimento associativo em cargos diretivos na Associação Náutica do Seixal, Clube Desportivo e Recreativo de Santana e ATAS-Amigos da Terra, Associação Sociocultural de Santana. Colaborou na imprensa escolar (magazine Lua Cheia, Barreiro) editou (periódico escolar Tapete Mágico.

Já no Arneiro, editou o boletim mensal “O Montesinho”, cujo projeto editorial culminou com a edição de “Contos Montesinhos”- Chiado Editora 2014-Tem desempenhado lugares de direção no movimento Associativo (Associação Nática do Seixal)Seixal. Clube Desportivo e Recreativo de Santana e Associação Sociocultural  de  Santana eleito como autarca na Assembleia Municipal de Nisa e Juntq de Freguesia de Santana.

 

Obra

"Contos Montesinhos"

Sinopse

São vinte e quatro histórias de uma comunidade, contadas por quem as reconhece como parte integrante do seu património cultural, transmitido de geração em geração e sempre recriado, gerando um sentimento de identidade e simultaneamente, de continuidade.
Nelas encontramos o "saber fazer" de artes e ofícios, histórias de vida e práticas culturais (celebrações e rituais) a par de instrumentos, objetos e artefacto e lugares culturais associados à tradição oral (cantigas, contos, lendas, provérbios, ...)…
As vinte e quatro histórias assim contadas vinculam o passado ao presente dando-lhe visibilidade, evocam a importância da transmissão destes conhecimentos aos vindouros, na intenção da salvaguarda de manifestações culturais de um tão rico património imaterial!

 

"Apontamentos Históricos e Genealógicos para uma Monografia da Freguesia de Santana "

 

Sinopse

"Era meu propósito realizar um trabalho de investigação focado nas origens, fundação e desenvolvimento destes povoados ao longo dos séculos, destinado a uma tese de doutoramento, e posterior publicação da monografia de Santana, como tributo à terra e aos homens que a povoaram e onde estão as minhas raízes.
Do trabalho que se prolongou por alguns anos na investigação documental na oralidade e memórias dos mais velhos, resultou um conjunto significativo de informação que urge salvaguardar."

"Surpreendido pela doença, que me limitou as capacidades cognitivas, foi aquele propósito abandonado, por incapacidade de produzir um texto fluente e coerente. Daí que o trabalho que ora se apresenta deva ser entendido como simples apontamentos que sirvam de base e ponto de partida a um investigador mais capacitado para realizar um trabalho mais aprofundado e fundamentado e um melhor conhecimento da comunidade santanense, ou Montesinha, como é conhecida desde tempos imemoráveis até à atualidade."
O Autor

 

Pin It

Em Linha

Temos 31 visitantes e 0 membros em linha

Estatísticas

  • Visualizações de artigos 29853
TPL_BACKTOTOP